Grandes eventos no Brasil até 2020

por Thiago Basílio em 15 de agosto de 2014

Nenhum Comentário

A Copa acabou, mas o Brasil já está na rota dos grandes eventos. Até 2020 a agenda do país está lotada para alegria do amantes de gringos em nosso território. As opções são diversas, por isso, selecionamos os principais acontecimentos que prometem movimentar o país nos próximos anos.

Tomorrowland (2015) – Considerado o maior festival de música do mundo, o evento de estilo eletrônico geralmente acontece anualmente na cidade de Boom, Bélgica. Teve uma edição fora do continente europeu, nos EUA, e agora desembarca no Brasil para comemorar o seu aniversário de 10 anos, fazendo a alegria de milhares de pessoas que pretendem lotar a Fazenda Maeda, em Itu (SP), para acompanhar de perto os melhores DJs do planeta.

Jogos olímpicos de verão (2016) – Pela primeira vez na história, a América do Sul vai receber o evento. o Rio de Janeiro foi a sede escolhida e se prepara para organizar a maior olimpíada de todos os tempos, reunindo tecnologia, modernidade e vibrantes cenários naturais para atletas e turistas que pretendem visitar a cidade nos dias de competição

sdfx

Mundial de Clubes da Fifa (2017 e 2018) – Não há confirmações, mas, após o sucesso da Copa especula-se que o Brasil é um forte candidato para sediar a maior competição do mundo entre clubes de futebol.

Olimpíadas universitárias (2019) – A cidade de Brasília foi escolhida para sediar o evento que acontece a cada dois anos em diversos lugares do planeta. No Distrito Federal, deve reunir 12 mil atletas universitários dos cinco continentes. A cidade modernizará a sua estrutura esportiva, além de receber inúmeros turistas que devem desembarcar na capital federal para  acompanhar a competição.

Copa América (2019) – Era para o Brasil receber o evento em 2015, mas, em virtude da Copa e das olimpíadas em datas muito próximas, ocorreu uma troca: o Chile, que iria sediar a edição de 2019, passou para 2015 e o Brasil para 2019. É o maior evento de futebol das Américas e a competição deve ser marcada como uma espécie de “remember” da Copa de 2014 no que diz respeito a alegria e animação dos brasileiros ao receber os estrangeiros.

Google+